Hoje na Feira do Livro - Quinto Império de António Botto Quintans


Diz a tradição, que na Quinta da Moita Longa, sita na Lourinhã, uma antiga mata real que fez parte do extremo sul dos coutos da Ordem de Cister e que no início da Nacionalidade confinava com o porto de mar templário da Atouguia, se esconde um grande tesouro.
António Botto Quintans, fascinado por um misterioso fresco existente na capela, lança-se na investigação e encontra marcas inéditas da presença templária em toda a zona envolvente, inclusive um campo de sepultura e registos escritos que sugerem que algo de muito importante foi escondido nesta zona durante o reinado de D. Dinis.
Realizando uma missão de vida, apresenta-nos um conjunto de testemunhos físicos e historiográficos surpreendentes, que acrescentam um novo capítulo ao passado ancestral de Portugal, passando pelo Tesouro dos Templários – herdado pela Ordem de Cristo – e o aparente local onde Camões se terá inspirado para escrever a Ilha dos Amores que, segundo Agostinho da Silva, marcou na literatura portuguesa o início do mito do Quinto Império.

Comentários