RIFÃO QUOTIDIANO

RIFÃO QUOTIDIANO

Mário Henrique Leiria


video





                                                              Uma nêspera
Estava na cama
Deitada
Muito calada
A ver
O que acontecia
Chegou uma Velha
E disse
Olha uma nêspera
E zás comeu-a
É o que acontece
Às nêsperas
Que ficam deitadas
Caladas
A esperar
O que acontece

Mário Henrique Leiria

Comentários

  1. Como não apreciar sempre, este poema?

    Bom trabalho!

    António Nunes

    ResponderEliminar

Enviar um comentário