Sugestão de Teatro - KABARET KEUNER e outras histórias de Bertolt Brecht

Neste conjunto de pequenas histórias e apotegmas, de dúvida burlesca e de afirmações de recorte clownesco – Keuner é um clown pensador, nele espreita o parvo vicentino e o bobo de Shakespeare, longínquos parentes próximos – que José Carlos Faria seleccionou, montou e interpreta, viajamos por dentro de um pensamento inquieto e não saltando por um trajecto aleatório de raciocínios soltos, como se salta sobre as pedras de uma ponte improvisada nas águas de um ribeiro.


Fernando Mora Ramos, encenador do espectáculo, refere-se a Keuner como o “alter-ego de Brecht nas suas próprias histórias, ele é um contador de histórias. Mas mais que pensador, ou pensador de uma dada forma, Keuner é um perguntador que quando faz afirmações coloca outras tantas dúvidas”. O próprio Fernando Ramos coloca uma questão – “mas ao que aí vem, a queda mais que provável deste esquema pobre e podre, que dirá o senhor Keuner, de novo tão necessário pelo espírito indagador? Para velhas questões, novas perguntas claro”.


(...)
se os tubarões fossem homens, os peixinhos deixariam de ser iguais como agora são. Alguns deles obteriam cargos e passariam a ficar acima dos outros. Os maiorzinhos teriam mesmo o direito de comer os mais pequenos. Apenas para os tubarões isto seria agradável porque teriam possibilidade de comer, mais vezes, bocados maiores. (...)



Kabaret Keuner está em cena nos dias 12, 18, 19 e 27 de Março, às 21h30, na Sala Estúdio do Teatro da Rainha.


Ficha Artística
Tradução | José Carlos Faria (cotejada pelos trabalhos de Paulo Quintela, Arnaldo Saraiva e Luís Bruheim, Maria Hermínia Brandão)
Versão cénica | José Carlos Faria
Encenação | Fernando Mora Ramos
Interpretação | José Carlos Faria
Bilhete Normal – €7.50
Bilhete Desconto (Estudantes e Séniores) – €4.00
Classificação Etária M/16 anos
Duração | 1h00 sem intervalo

Comentários